Vocabulário da Publicidade

Vocabulário da Publicidade

nomeclatura
Na área da publicidade o vocabulário utilizado às vezes pode fazer você se perder um pouco, muitos termos são em inglês e não traduzem ao pé da letra o que queremos dizer. Aqui vai um minidicionário com alguns termos e expressões que estão na rotina de qualquer publicitário e que é fundamental que você conheça:

Approach: Abordagem, em inglês. Termo utilizado para definir a linha de comunicação adotada ou o gancho criativo da peça de propaganda.

Brainstorming: Técnica de dinâmica de grupo desenvolvida para explorar a potencialidade criativa dos indivíduos no menor tempo possível, ou seja, troca de ideias. A característica principal do brainstorming é que nenhuma ideia é ruim, todas são válidas e devem ser ouvidas.

Brand:Diz respeito tanto ao ícone que representa uma empresa ou quanto à identidade e a personalidade de uma marca.

Branding: Trabalho de construção de uma marca no mercado.

Briefing: Todas as informações necessárias para realização de uma determinada ação.

Budget: Orçamento.

Case: Estudo de caso, uma história marcante, geralmente sobre resultados de sucesso, relacionada a uma marca, uma campanha ou ação.

CEO (Chief Executive Officer): É o principal executivo, presidente, superintendente ou diretor de uma empresa. As pessoas costumam fazer confusão quando a empresa tem os dois: CEO e presidente. Nesse caso a função do segundo é mais representativa.

Checking: Trabalho de conferência da efetividade da veiculação das mensagens autorizadas, incluindo a qualidade de impressão ou transmissão e a precisão de horário ou posição.

Clipping: Reunião de material editorial ou comercial veiculado na mídia, como jornais, revistas, sites ou programas de TV, sobre determinado assunto, pessoa ou empresa.

Coaching: Projeto com início, meio e fim, definido em comum acordo entre o coach (profissional) e o coachee (cliente), conforme a meta desejada por este. O coach apoia o cliente na busca de realizar metas de curto, médio e longos prazos, por meio da identificação e do uso das próprias competências desenvolvidas, como também do reconhecimento e da superação de suas fragilidades, para que ele atinja novos objetivos.

Deadline: Prazo final.

Direct: Estratégias de marketing cuja logística estabelece um contato individual e direto com o consumidor.

Feedback: Trata-se do ato de informar sua contraparte o seu desempenho, conduta ou a respeito de uma eventualidade, buscando estimular e reorientar ações, com o objetivo de maximizar o seu desempenho. Serve de gestor para funcionário, como de funcionário para gestor.

Follow up: Dar prosseguimento a uma discussão ou debate, retomando temas para atingir soluções. Também pode significar revisão das tarefas que foram geradas após uma reunião ou auditoria, quando os prazos para realização se esgotaram. Significa ainda ligar para o cliente, a fim de acompanhá-lo.

Home Office: Significa escritório em casa. O home office é normalmente usado por trabalhadores independentes, além disso algumas empresas possuem este sistema de trabalho quando os funcionários não precisam ou não podem trabalhar no escritório.

Identidade Visual: Conjunto de símbolos e cores que identificam uma empresa ou marca, como logotipo e logomarca, alfabeto, papelaria, pintura de frota, padrões visuais de embalagem e de propaganda, etc.

Jingle: Peça publicitária em forma de música. Pode ser usada no rádio ou servir de trilha para filmes publicitários.

JOB: Nome de todos os trabalhos específicos feitos para um cliente que se atende de forma permanente, ou ainda, trabalho feito para um anunciante do qual a agência não tem a conta.

Layout: Esboço ou desenho que destaca os vários elementos de uma peça publicitária de mídia impressa, ou seja, elaboração prévia de uma arte final.

Lead: Se refere a algo ou alguém ativamente interessado em comprar. É o segundo passo nas vendas. Um Lead pode ser entendido como um visitante que está realmente interessado em comprar e normalmente se envolve de alguma forma, seja preenchendo um formulário de dados ou assinando uma newsletter, por exemplo.

Linkar: Ato de fazer o link.

Market Share: Medida de nível ou grau de participação de uma marca ou produto em um dado momento no mercado. Pode ser traduzido também como “fatia de mercado”.

Marketing viral: Uso da Internet pelas empresas para criar um efeito boca a boca natural para atrair a atenção para seus sites. Envolve a transmissão de produtos, de serviços ou de informações desenvolvidos pela empresa de um usuário para outro.

Mercado-alvo: Parte do mercado disponível (empresas, grupo de pessoas, segmentos diversos) que a empresa decide buscar.

Merchandising: Inserção de propaganda dentro de contexto editorial, em diversos meios de comunicação, a fim de minimizar seu teor comercial.

Networking: Rede de contatos.

Posicionamento: Projetar o produto e a imagem da empresa para ocupar um lugar diferenciado na mente do mercado-alvo.

Prospect: Pessoa não-consumidora de um determinado produto ou serviço que tem potencial de vir a se tornar um consumidor, se devidamente motivado. Também chamado Cliente Potencial.

Recall: Lembrança que o público tem depois de entrar em contato com alguma peça/campanha/ação publicitária. Usada como índice de eficácia.

Segmentação de mercado: Processo de identificação, dentro de um mercado, de um subgrupo de clientes cujas necessidades, desejos e/ou recursos são diferentes de tal modo que os faz responder de forma diferenciada a determinado composto mercadológico.

Share: Participação, em inglês. Forma abreviada que pode significar share-of-market, share- of-mind ou share-of-voice, dependendo do contexto no qual é utilizada.

Share-of-mind: Participação do produto na cabeça do consumidor, independente de ser lembrada em primeiro ou em último lugar.

Slogan: Frase-tema de uma campanha ou marca, que procura resumir e definir seu posicionamento.

Spot: Mensagem de curta duração, para rádio ou televisão.

Story board: Esquema ilustrado do roteiro de um comercial, definindo algumas de suas cenas principais, de modo a facilitar sua análise, aprovação e produção.

Target: Alvo, em inglês. Expressão utilizada para definir o público-alvo de um plano de marketing, campanha ou peça de comunicação. Grupo de consumidores ou prospects aos quais é dirigida, prioritariamente, uma peça ou campanha de propaganda, bem como qualquer outra ação de comunicação ou marketing.

Teaser: Mensagem curta, veiculada em diversos meios de comunicação, geralmente usada para provocar a atenção do público em relação a uma ação publicitária. Pode tanto criar suspense quanto antecipar informações sobre a estratégia.

Top of mind: É a primeira marca de uma categoria de produto ou serviço lembrada pelo público, ou seja, a que ocupa a primeira posição da sua memória.

Trade: Expressão em inglês para denominar o comércio (distribuidores, representantes, atacadistas, varejistas, etc.).

Veículo: Nome genérico de qualquer empresa de comunicação, como editoras, emissoras, exibidoras de outdoor, etc. Empresa individual de cada meio de comunicação, como o canal ou a rede de TV ou rádio, a editora de jornais e revistas, etc.

Workshop: Treinamento em grupo, dada por um instrutor, independentemente da técnica utilizada.

Matéria: Plugcitarios

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>